INTRODUÇÃO

 

      O Mar de Aral, situado na Ásia Central, entre o Uzbequistão e o Cazaquistão, é um exemplo de uma das maiores tragédias ambientais do século XX causadas pelo Homem. Este que já foi o quarto maior mar interno do mundo, conta hoje, com apenas 10% da sua área original.

      Em 1960 o Mar de Aral ocupava uma área de cerca de 68 mil Km2. Naquela época, o mar era alimentado por rios que mantinham a baixa concentração de minerais na água, permitindo a existência de um ecossistema aquático, que garantia o sustento de mais de 60 mil pescadores. Cinquenta anos depois, o mar transformou-se numa porção de água poluída e ultra-salgada. Em alguns pontos, o litoral chegou a recuar mais de 100 Km, tornando o que antes era água, num grande areal.

Percorre este desafio e fica a saber como tudo aconteceu...

Professora Paula Tomaz